Rádio Pico - Noticias

 

Operacionalidade do porto da Madalena deve ser esclarecida

PSD/Ašores lamenta o adensar das d˙vidas que pairam sobre a operacionalidade do porto

O grupo parlamentar do PSD/Açores insta a secretária regional dos Transportes e Obras Públicas a esclarecer, de uma vez por todas, onde está a verdade sobre a operacionalidade do porto da Madalena, já que tanto o Capitão do porto da Horta como o presidente da Atlanticoline desmentiram Ana Cunha.
Em causa estão as declarações de Ana Cunha na Comissão de Economia do parlamento açoriano, na qual a governante afirmou que os navios ‘Cruzeiro das Ilhas’ e ‘Cruzeiro do Canal’ não estavam a operar no terminal novo do porto da Madalena por “indicação da autoridade marítima”.
Face a estas declarações, os deputados do PSD/Açores eleitos pelo Pico, Marco Costa e Jorge Jorge, exigirem em conferência de imprensa, um esclarecimento do Governo regional sobre as condições de operacionalidade daquela infraestrutura.
O Capitão do porto da Horta, em reação através da Comunicação Social, garantiu que não impôs restrições à operação no terminal novo. Também o presidente do Conselho de Administração da Atlânticoline, afirmou que, afinal, a decisão de desviar os dois navios para o velho porto da Madalena foi da própria empresa e deveu-se a questões de segurança.
O deputado do PSD/Açores lamenta o “adensar das dúvidas que pairam sobre a operacionalidade do porto” e salienta que as declarações de Ana Cunha e do presidente da Atlânticoline são o reconhecimento público de que o “novo porto da Madalena não oferece condições para que os navios operem em segurança”.

2018-03-09 00:00:00 Rádio Pico