Rádio Pico - Rádio Pico, Madalena 100.2, lado Sul 90.2 e lado Norte 107.7. Uma Voz no Atlântico! A tua Música, toda Informação, o Desporto Regional, Vídeos, Audionews e Fotografias, informações sobre a Ilha do Pico... e muito mais!
Pesquisar
Emissão online Rádio Pico - Clique aqui?  
No Ar:
Vai Tocar:
 
PRINCIPAL
 
INFORMAÇÃO
 
DESPORTO
 
MULTIMÉDIA
 
ILHA DO PICO
 
PICO TV
 
A RÁDIO PICO
Frequências Rádio Pico
 
Facebook You Tube Livestream Notícias em RSS  

 

PJ deteve homem suspeito de abuso sexual de criança e de menores dependentes

Factos criminosos perduraram por vários anos

PJ deteve homem suspeito de abuso sexual de criança e de menores dependentes

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou ontem a detenção de um homem, em Ponta Delgada, Açores, suspeito de abuso sexual de criança e de menores dependentes, crimes que podem chegar às duas centenas.
Em comunicado, o Departamento de Investigação Criminal de Ponta Delgada informa que “os factos criminosos perduraram por vários anos” e ocorreram “num contexto de proximidade familiar e de coabitação”.
Ao arguido, de 37 anos, foi determinada a medida de coação de prisão domiciliária, “ficando a aguardar detido em estabelecimento prisional até estarem verificadas as condições técnicas para o efeito”.
Fonte da PJ adiantou à agência Lusa que “à luz dos indícios que foram recolhidos admite-se como possível que os crimes possam atingir à volta de duas centenas”.
“Estamos a falar de cinco anos de abusos”, referiu a mesma fonte, esclarecendo que os alegados abusos começaram em 2011, quando a menor tinha 10 anos.
O arguido é padrasto da menor e foram os serviços do hospital de Ponta Delgada que alertaram a PJ “para um quadro suspeito de abuso.

Lusa/RP

 
Visto: 319 vezes | Likes:
2016-08-26 00:00:00
 
 
 
Tamanho da Letra
Enviar Notícia
Vista de Impressão
 


 

© 2016 Radiodifusão Rádio Pico, CRL. Todos os Direitos Reservados.
Parceiro oficial Picoazores.com
Projecto Financiado pelo Programa Operacional Sociedade do Conhecimento
ContactosWebmasterPublicidade

Desenvolvido por