Rádio Pico - Rádio Pico, Madalena 100.2, lado Sul 90.2 e lado Norte 107.7. Uma Voz no Atlântico! A tua Música, toda Informação, o Desporto Regional, Vídeos, Audionews e Fotografias, informações sobre a Ilha do Pico... e muito mais!
Pesquisar
Emissão online Rádio Pico - Clique aqui?  
No Ar:
Vai Tocar:
 
PRINCIPAL
 
INFORMAÇÃO
 
DESPORTO
 
MULTIMÉDIA
 
ILHA DO PICO
 
PUBLICIDADE
 
A RÁDIO PICO
Frequências Rádio Pico
 
Facebook You Tube Livestream Notícias em RSS  

 

Deslocalização dos estaleiros da Tecnovia no Pico é urgente

Deputados do PSD da ilha do Pico querem saber ponto de situação sobre o assunto

Deslocalização dos estaleiros da Tecnovia no Pico é urgente

Os deputados do PSD da ilha do Pico querem saber “para quando e para onde está prevista a deslocalização dos estaleiros da Tecnovia na ilha do Pico", actualmente instalados no lugar da Barca, isto atendendo a que o assunto “é acompanhado, há cerca de dois anos e meio pela Comissão Permanente da Assembleia Legislativa dos Açores, onde vários representantes do governo confirmaram que os estaleiros passariam para outro local”, explica um requerimento divulgado.
Segundo o social-democrata, “em Outubro de 2006, os deputados do PSD eleitos pelo Pico, dirigiram um requerimento à tutela alertando para a matéria”, nomeadamente “a indagar se o executivo conhecia a situação, se dela já recebera queixas, e se já havia procedido a vistorias técnicas e averiguações do cumprimento de todas as normas e se estava ou não devidamente licenciada aquela actividade”.
Cláudio Lopes recorda ainda que, “em Julho de 2007, deu entrada na assembleia uma petição com cem assinaturas, solicitando às instâncias governamentais o acordo com a empresa Tecnovia, e visando a deslocalização dos referidos estaleiros do sítio da Barca, na Madalena do Pico, já que a actividade daqueles prejudicava os moradores da zona, constituindo uma mancha negativa numa zona nobre, classificada pela UNESCO e de forte vocação turística”, refere.
“O relatório, elaborado em 14 de Janeiro de 2008, foi aprovado por unanimidade para ser levado a plenário, o que veio a acontecer”, acrescenta o deputado, mas o facto é que “se continuam a ouvir queixas por parte dos peticionários, que não obtiveram resposta da presidência do governo, a uma carta de Fevereiro de 2009 pedindo esclarecimentos sobre o assunto, daí que voltemos a indagar o executivo sobre a questão, que consideram carece de uma solução urgente”.
 
Visto: 668 vezes | Likes: 0
2010-03-29 00:00:00
 
 
 
Tamanho da Letra
Enviar Notícia
Vista de Impressão
 


 

© 2014 Radiodifusão Rádio Pico, CRL. Todos os Direitos Reservados.
Parceiro oficial Picoazores.com
Projecto Financiado pelo Programa Operacional Sociedade do Conhecimento
ContactosWebmasterPublicidade

Desenvolvido por